Metal Open Air: cancelado por organizadores do festival

Matéria de Estefani Medeiros e Marcus Vinícius Brasil, publicada no UOL, relata que o Festival Open Air foi cancelado ... - [Clique Aqui e Leia Mais]

Anthrax: Scott leiloa 200 ítens de sua coleção pessoal

SCOTT IAN abriu seus cofres e o arquivo do ANTHRAX. O guitarrista está leiloando vários itens adquiridos ao longo de mais 30 anos de sua história ... - [Clique Aqui e Leia Mais]

Iron Maiden: Adrian Smith confirma planos para novo álbum

Em entrevista ao programa That Metal Show, da rede VH1, o guitarrista Adrian Smith, do Iron Maiden, falou a respeito dos próximos planos da Donzela de Ferro para 2012 e 2013 ... - [Clique Aqui e Leia Mais]

Megadeth: fã de dez anos pega a munhequeira de Mustaine

As fotos dispensam qualquer tipo de comentário. Veja Mais Clicando Aqui - [Clique Aqui e Leia Mais]

Guns N' Roses: ex-empresário insinua que Axl é bissexual

O ex-empresário do GUNS N’ ROSES, ALAN NIVEN, falou semana passada com o site estadunidense LEGENDARY ROCK INTERVIEWS e ... [Clique Aqui e Leia Mais]

terça-feira, 2 de agosto de 2011

U2: última música tocada na turnê 360º foi "40"

O último show da turnê do U2  aconteceu em Moncton, Canadá, e aós a última música prevista no set list, a banda resolveu brindar os fãs com "40", que não era tocada ao vivo desde 2006, em São Paulo.

Confira abaixo o vídeo disponibilizado no site oficial da banda:

John Lennon: mais itens pessoais serão leiloados

Dois itens usados por JOHN LENNON durante a década de 60, em apresentações com os BEATLES serão leiloados. Se tratam de um chapéu de cowboy e um par de óculos de sol.

O chapéu foi usado durante a turnê norte-americana em 1965, e os óculos foram utilizados no ano de 1967. Ambos eram propriedade de seu tio Charlie e atualmente estão sob posse de Larry Warren, um escritor de Liverpool.

Espera-se alcançar um valor de 12 mil dólares com a venda de ambos pertences, em evento que se realizará em Cameo, dia 9 de agosto próximo.

Metallica: Bob Rock revela segredos do "Black Album"

O produtor Bob Rock recentemente deu uma visão aprofundada sobre o ‘Black Album’ do METALLICA.

“Não foi um álbum fácil e divertido de se fazer,” Bob contou à Music Radar (via Blabbermouth). “Claro que demos algumas risadas, mas as coisas foram difíceis. Eu disse aos caras que quando completássemos esse álbum eu nunca trabalharia com eles de novo. Eles sentiram o mesmo a meu respeito.”

Sobre sua aproximação com composições do ‘mainstream’: “Eles tinham quebrado uma barreira, mas ainda não estavam nas rádios mainstream. Quando vieram até mim eles estavam prontos para fazer esse salto para algo grande. Um bocado de pessoas pensa que eu mudei a banda. Não mudei. Suas cabeças já estavam mudadas quando os conheci.”

Sobre o estilo de tocar bateria de Lars Ulrich: “Eu notei que o Lars tocava para a guitarra de James muito parecido com o jeito que Keith Moon tocava para Pete Townshend (THE WHO). Isso é legal para algumas bandas, mas não para todas. O ‘Back In Black’ do AC/DC foi um grande ponto de referência para um álbum de rock que ‘grooveava’. Eu disse isso em ordem para captar aquele sentimento, ele tinha que ser o ponto focal musicalmente. Então, em certas músicas, a banda tocou para Lars. Eles o acompanharam. Fez uma diferença real.”

Sobre James Hetfield: “Ele queria ir mais a fundo com sua composição. Ele queria que suas músicas realmente importassem. Nós falamos a respeito de grandes compositores, como (Bob) Dylan e (John) Lennon e Bob Marley, e eu acho que ele viu isso que ele poderia escrever para si mesmo, mas ainda tocar outras pessoas. Foi uma luta para ele, mas ele teve um tremendo avanço como compositor.”

Sobre gravar como uma banda ao vivo: “Eu insisti na banda tocar ao vivo no estúdio. Eles nunca tinham feito isso antes – todos os seus álbuns anteriores foram gravados em sessões separadas. Eu disse a eles, ‘vocês são uma grande banda ao vivo. Esta vibe é crucial para o álbum.’”

Sobre ‘Enter Sandman’: “Eu pedi a Jason (Newsted) para tocar mais como um baixista e menos como um guitarrista. Coloque isso com a nova perspectiva que Lars teve sobre a bateria e nós tínhamos uma música com um groove matador. De cara, baseado na música e no riff, a banda e seu empresário acharam que poderia ser o primeiro single. Então eles ouviram as letras de James e perceberam que a música era sobre morte no berço. Isso não iria dar certo.

Eu sentei com James e conversei sobre suas letras. Eu disse ‘O que você tem é ótimo, mas pode ser melhor. Tem que ser tão literal?’. Não que eu estivesse pensando no single; apenas queria que ele fizesse a música grande. Era um processo dele aprendendo a dizer o que ele queria, mas de um modo meio que aberto e mais poético. Ele reescreveu algumas letras e surgiu... o primeiro single.”

Sobre “Sad But True”: “Eles tocaram para mim a demo e eu os disse que eu achei que era a 'Kashmir' (N.T.: tida como uma das maiores canções do LED ZEPPELIN, do álbum Physical Graffiti) dos anos 90. Até onde sei, eles nunca tiveram nada tão pesado, tão energético e poderoso. Ritmicamente, eu poderia falar que ela tinha o potencial para ser absolutamente esmagadora!

Nós estávamos em pré-produção, e era desconfortável pois ninguém tinha feito isto com eles antes, e depois de seis canções veio ‘Sad But True’. De repente, eu percebi que cada música, incluindo esta, estavam afinadas em #E.

Então eu os informei que no ‘Feelgood' do MÖTLEY CRUE’, o qual eu produzi e o METALLICA adorou, a banda havia afinado para D. O METALLICA afinou para D, e isso é quando o riff realmente torna-se grande. Era essa força que você não pode simplesmente parar, não importa o que tente”.

Iron Maiden: quer saber como é o ônibus e o camarim deles?

Visite a galeria de fotos abaixo para uma visão exclusiva do ônibus e do camarim do IRON MAIDEN.

http://www.flickr.com//photos/tfman/sets/72157627292705248/show/with/5981233858/...

Via www.ironmaidenbrasil.com.br.

Soulspell Metal Opera: mais uma participação internacional

O projeto Soulspell Metal Opera do baterista Heleno Vale anunciou mais uma participação internacional para o próximo álbum, mas dessa vez não é um cantor mas sim um instrumentista. Trata-se do pianista alemão Frank Tischer, que gravou, entre outras coisas, várias músicas nos dois primeiros álbuns do Avantasia, inclusive a belíssima balada “Inside”.

O próximo álbum do Soulspell Metal Opera está sendo muito aguardado pelos fãs e pela mídia especializada, tanto pela curiosidade sobre o sucessor do excelente “The Labyrinth Of Truths” como pela lista de convidados internacionais que até agora conta com Blaze Bayley (ex IRON MAIDEN), Tim “Ripper” Owens (YNGWIE MALMSTEEN, BEYOND FEAR, JUDAS PRIEST, ICED EARTH), Mike Vescera (ex MALMSTEEN), Rollie Feldman (CIRCLE II CIRCLE), Amanda Somerville (AVANTASIA) e Frank Tischer (AVANTASIA).

Evergrey: galeria de fotos do show em São Paulo no Flickr

Veja no link abaixo uma galeria de fotos do show do EVERGREY, que ocorreu no dia 29 de Julho no Carioca Club em São Paulo.

http://www.flickr.com/photos/metalconcerts

Angra: confira matéria sobre show no Amapá

O site do governo do estado do Amapá disponibilizou em seu site uma matéria especial sobre a primeira apresentação da banda ANGRA na região.

O Governo do Estado do Amapá finalizou as atividades da primeira edição do Equador Verão neste domingo, 31, levando para a Arena do Sambódromo um público adulto e juvenil. Ao som de muito rock, a banda Angra, ícone no cenário nacional e internacional, levou à loucura a plateia, que nem de baixo de chuva arredou pé.

Em quase duas horas de show a banda tocou faixas do novo álbum “Aqua”, mas foram os clássicos Carry On, Rebirth e Nova Era que levaram as pessoas ao êxtase. Nesse momento, os jovens pularam a grade de proteção para curtir mais próximo ao palco, sem invadir o espaço dos músicos.

De acordo com o titular da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Zé Miguel, a escolha pelo rock in roll se deu por causa das inúmeras cobranças do público que prestigia o projeto Sextacult e de bandas locais desse segmento que vão até a Secult pedir apoio para projetos e acaba expressando suas angústias em relação à falta de prestígio e apoio a classe.

Para conferir a matéria completa completa basta acessar o link abaixo:
http://www4.ap.gov.br/site/paginas/noticias/news.jsp?ref=14124

Em paralelo, a banda ANGRA continua agendando sua nova turnê mundial em suporte ao seu sétimo álbum de estúdio, “Aqua”. Para mais informações de como ter um show do grupo em sua cidade, basta contactar a agência Base2 no telefone +55 11 3673-2758 ou no email shows@base2producoes.com.br.

Kiss: novo livro reconta ascensão da banda

O jornalista Ken Sharp lança ano que vem o livro Nothin’ To Lose. A obra reúne depoimentos recentes de Paul Stanley, Gene Simmons, Ace Frehley e Peter Criss sobre a ascensão do KISS.

A história foca os anos de 1973 a 1975, quando a banda passou de uma atração dos porões da cena norte-americana ao estrelato, especialmente após o lançamento do clássico Alive!

Outras estrelas do Rock na época e pessoas atuantes nos bastidores também participaram concedendo entrevistas. Fotos nunca antes publicadas são prometidas.

Guns N' Roses: atriz gostaria de reunir formação antiga



Em uma entrevista concedida à revista Maxim, a atriz americana Lake Bell confessou ser muito fã de GUNS N' ROSES. "Oh, meu Deus, você não tem idéia. Para meu aniversário de 30 anos fiz uma festa com o tema de Guns N' Roses. Me vesti como a Stephanie Seymour no clipe de 'November Rain', com o vestido de noiva curto e cinta-liga. Foi foda demais".
Bell é uma fã incondicional e gostaria que Axl Rose voltasse com a formação original da banda. "Eu faria o Guns N' Roses se reunir para um show de reencontro no meu quintal. Quero dizer ... Onde está o Axl? Sinto muita falta dele."

Biohazard: título, arte da capa e trecho de novo álbum



A banda novaiorquina de hardcore/metal BIOHAZARD deu o nome de "Reborn In Defiance" ao seu décimo álbum de estúdio, previsto para 23 de setembro Nuclear Blast Records.
O primeiro CD de estúdio da banda em seis anos e o primeiro com a formação inicial — Evan Seinfeld (vocal, baixo), Billy Graziadei (guitarra, vocal), Danny Schuler (bateria) e Bobby Hambel (guitarra) — desde o "State of The World Address" de 1994, foi produzido por Toby Wright, que já trabalhou anteriormente com o KORN, SLAYER, MÖTLEY CRÜE, KISS, FEAR FACTORY, IN FLAMES, STONE SOUR e OZZY OSBOURNE, dentre outros.

Uma música do álbum "Reborn", está disponível em streaming neste endereço:
http://www.facebook.com/nuclearblasteurope?v=app_178091127385

Seinfeld deixou o BIOHAZARD em junho após o novo CD ser completado e foi substituído temporariamente por Scott Roberts, que tocou no álbum "Means To An End" de 2005 e foi parte da família BIOHAZARD desde então.

Comentou o guitarrista/vocalista Billy Graziadei: "Quando ficamos juntos de novo em 2008, apagamos a última memória do BIOHAZARD na cabeça das pessoas e a substituímos por uma nova memória de arrebentar do que o BIOHAZARD era antes."

"As pessoas ouviam que nós costumávamos a estragar as coisas, mas estarmos juntos novamente como o original BIOHAZARD nos deu uma chance de reescrever a história. Agora estamos fazendo isso novamente com um álbum novinho em folha."

"Nosso novo álbum 'Reborn In Defiance', é tudo o que eu gosto no BIOHAZARD e mais... em 2011! 100% arrasador em todos os sentidos!"

Em uma entrevista recente para o blog sueco metalshrineblogg, Graziadei declarou o seguinte sobre a partida de Evan Seinfeld, "Caiu como uma bomba. Terminamos de fazer as faixas do disco no fim de fevereiro e realmente não tínhamos muito contato com ele. Tudo estava sob controle e eu estava trabalhando na mixagem com o Toby «Wright» «produtor» e em alguns overdubs adicionais, e idéias diferentes e piano e teclado. Então umas semanas atrás ele liga e diz, 'não consigo mais!' Ele está com uns problemas pessoais e a maioria é segredo. Mas é pessoal entre ele e... é o que está se passando na vida dele, mas ele tomou uma decisão e nós não ficamos contentes com ela, mas nós tomamos a nossa decisão de continuar e seguir em frente. Seria ótimo se ele estivesse aqui e eu sei que ele está orgulhoso do disco e tão feliz com ele quanto nós. Estivemos todos lá e o fizemos juntos e nos focamos igualmente nele, mas ao invés de o deixarmos morrer, dissemos, 'Quer saber? Foda-se! Estamos todos animadíssimos e felizes e mesmo apesar das coisas estarem diferentes não significa que tudo mudou!' O coração e a alma da banda ainda estão intactos e vamos continuar."

Quando perguntado sobre como o baixista/vocalista Scott Roberts, que tocou no álbum "Means To An End" de 2005 está se saindo como substituto temporário de Evan, Billy disse, "Ele é ótimo! Ele foi o cara que entrou depois do Bobby «Hambel». Levamos um bom tempo para encontrá-lo, mas o conhecíamos e ele entrou na última hora, mas ele veio e fez. Foi um obstáculo difícil de superar mas conseguimos. Ele tocou no Download «festival na Inglaterra», o que foi legal e no dia seguinte tocamos no Metal Hammer e foi um show fenomenal! Todos ficaram tipo 'Uau!' E os editores da revista ficaram tipo... e eles tem feito isso por dez anos e em três dos últimos quatro anos com o ANTHRAX and HELLYEAH e eles ficaram tipo, 'Ninguém arrebentou como vocês!' Foi legal! O que vai acontecer no futuro quando voltarmos para casa, isso veremos."

Paradise Lost: DVD com a íntegra de “Draconian Times”

A banda inglesa de Doom Metal Paradise Lost lançará no dia 7 de novembro o novo DVD, “Draconian Times MMXI”, trazendo o show gravado este ano, em abril, no Forum, em Londres, em que tocou a íntegra do clássico álbum “Draconian Times”, lançado em 1995.

Além do show, o DVD tem um documentário feito pelo baixista Steve Edmondson e entrevistas com todos os outros integrantes e com o produtor Simon Efemey. Dois clipes do disco mais recente do grupo, “Faith Divides Us - Death Unites Us”, também estão disponíveis no disco.

Confira abaixo o tracklist:

1- Enchantment
2- Hallowed Land
3- The Last Time
4- Forever Failure
5- Once Solemn
6- Shadowkings
7- Elusive Cure
8- Yearn For Change
9- Shades Of God
10- Hands Of Reason
11- I See Your Face
12- Jaded
13- Faith Divides Us, Death Unites Us
14- True Belief
15- One Second
16- Say Just Words
17- Rise Of Denial
18- As I Die

Kings of Leon: Caleb cancela shows por problemas na voz

Após ter abandonado o show em Dallas na última semana, o vocalista Caleb Followill cancelou todos shows da turnê da banda, por conta de problemas com a voz e estafa sofrida pelo vocalista.

A banda publicou o seguinte comunicado aos fãs:

"Sentimos muito por informar que o Kings of Leon está cancelando toda a turnê americana por Caleb Followill estar sofrendo problemas com voz e exaustão. A banda está devastada, mas para dar aos fãs os shows que eles merecem precisam fazer esta pausa. Infelizmente, as datas americanas não podem ser remarcadas por conta da agenda internacional da turnê. Os valores dos ingressos serão devolvidos nos pontos de venda. Os ingressos adquiridos pela internet ou por telefone serão reembolsados automaticamente. A banda voltará com a turnê no Canadá no Rogers Center em Vancouver, em 28 de setembro. Esta data foi agendada originalmente para 14 de setembro."

Pearl Jam: T4F divulga twitter dos shows no Brasil

A T4F divulgou através do seu twitter oficial um outro twitter que irá divulgar todas as informações sobre os shows que o PEARL JAM realizará no Brasil no mês de agosto.

Todas as dúvidas serão respondidas por este twitter: @showpearljam e use a tag #showpearljam

Após 20 anos: Hard rockers comentam impacto de 'Nevermind'


Quando ‘Nevermind’ do Nirvana chegou 20 anos atrás, o Metal dos anos 80 já estava de saída. Mas a chegada de Kurt Cobain e seu disco arrasa-quarteirões acrescentou um ponto de exclamação à transição musical.

Eis como cinco roqueiros, na ativa em 1991, lembram da chegada do Nirvana:


NIKKI SIXX, do Mötley Crüe:

Eu anunciei o disco antes de seu lançamento no [programa da MTV estadunidense] Headbangers Ball. Eu disse “Eis um disco importante de rock.” Eu nunca entendi as bandas dizendo que o Nirvana tinha qualquer coisa com a derrocada da carreira delas. Talvez aquelas bandas não tivessem conteúdo. Você não pode mijar feito um filhotinho se você quer competir com cachorros grandes. ’


PHIL COLLEN, do Def Leppard:

No MTV Video Music Awards de 1992, nós fomos os cordeiros sacrificados – era o Nirvana, Pearl Jam, Chili Peppers, e Def Leppard. As pessoas fora bem hostis conosco, o que eu achei uma piada – um novo tipo de música vem, e que é sobre você não querer ser como os outros e daí você se torna uma pessoa de mente fechada? Infelizmente, nós fomos rotulados como uma dessas hair bands horríveis, com as quais realmente não gostávamos de sermos associados de maneira alguma Então quando o Nirvana apareceu, foi como, “Sim, vai nos foder um pouco,” mas também era música muito boa.


SEBASTIAN BACH, do Skid Row:

Era um grande disco e o primeiro álbum ‘alternativo’ a fazer enorme sucesso – o que provavelmente é o que Kurt Cobain nunca queria que tivesse acontecido. O disco ainda soa incrível 20 anos depois, e Dave Grohl continua a mandar bem como nunca – que compositor, frontman, vocalista e guitarrista fabuloso. E aquele disco me lembra de que ele também é um dos melhores bateristas de todos os tempos. O cara sabe fazer tudo. ’


SAMMY HAGAR, do Van Halen:

Eu gostava do lance de se vestir de maneira simples. Eu já estava farto de gliter-rock. Bermudas, camisetas regata, chinelos, era o meu estilo. Eu não queria mais me vestir e fingir que eu era um astro do rock. E esses caras estavam fazendo isso e não só se saindo bem, mas também mudando a maneira da qual todo mundo se vestia.


TRACII GUNS do L.A. Guns:

O pop metal na época estava ficando tão raso e diluído. O Nirvana lembrou as pessoas como o rock com culhões deve ser. Eu ganhei uma cópia de Nevermind de um amigo alguns meses antes dele ser lançado – não me cativou de cara, mas depois de uma semana, eu estava completamente viciado. A [revista inglesa] Kerrang! publicou uma foto minha usando uma camiseta do Nirvana no palco com uma legenda dizendo algo como “Uh oh, essa é a nova moda?”. Eu realmente não me importo com o que meus colegas do hair-metal pensavam ou pensam.

Almah: filme que conta com música da banda no Canal Brasil

Foi confirmada para o dia 02 de agosto (terça-feira), às 20h30, no Canal Brasil (SKY/NET Canal 66 - TVA Canal 79 - Embratel Canal 67), a estréia do curta-metragem brasileiro “Caça-Palavra”, que conta com a música “Torn” da banda ALMAH em sua trilha sonora.

A música “Torn”, de autoria de Edu Falaschi e Felipe Andreoli - músicos e compositores das bandas ALMAH e Angra  -, é um dos destaques do álbum “Fragile Equality”, lançado pelo quinteto paulista no ano de 2008.

A produção de “Caça-Palavra” contou com a direção de Pedro Flores da Cunha e roteiro de Álvaro Ramos, colaborador da TV Globo há mais de 20 anos, tendo escrito diversas novelas e minisséries.

O filme é um suspense que traça uma tênue linha entre o plano físico e espiritual, contando a história de uma família ancestral que vive reclusa em sua casa no alto da serra, num lugar onde o tempo não passa. A visita da jovem e angelical Juliana altera a rotina dos habitantes deste inóspito local, envolvendo-os num jogo de sedução, disputa e dominação.

“Caça-Palavra”, com aproximadamente 15 minutos de duração, é o primeiro curta-metragem da produtora e já conta com o apoio dos Estúdios Mega para finalização em película, almejando a veiculação em festivais de cinema nacionais e internacionais.

Em paralelo, a banda ALMAH iniciou o processo de agendamento das datas que irão compor a turnê em suporte ao seu novo álbum, “Motion”. Para mais informações de como ter um show do grupo em sua cidade, basta contactar a agência Base2 no telefone +55 11 3673-2758 ou no email shows@base2producoes.com.br.

20 anos depois: Hard rockers comentam o impacto de Nevermind

Quando ‘Nevermind’ do Nirvana chegou 20 anos atrás, o Metal dos anos 80 já estava de saída. Mas a chegada de Kurt Cobain e seu disco arrasa-quarteirões acrescentou um ponto de exclamação à transição musical.

Eis como cinco roqueiros, na ativa em 1991, lembram da chegada do Nirvana:

NIKKI SIXX, do Mötley Crüe:

Eu anunciei o disco antes de seu lançamento no [programa da MTV estadunidense] Headbangers Ball. Eu disse “Eis um disco importante de rock.” Eu nunca entendi as bandas dizendo que o Nirvana tinha qualquer coisa com a derrocada da carreira delas. Talvez aquelas bandas não tivessem conteúdo. Você não pode mijar feito um filhotinho se você quer competir com cachorros grandes. ’

PHIL COLLEN, do Def Leppard:

No MTV Video Music Awards de 1992, nós fomos os cordeiros sacrificados – era o Nirvana, Pearl Jam, Chili Peppers, e Def Leppard. As pessoas fora bem hostis conosco, o que eu achei uma piada – um novo tipo de música vem, e que é sobre você não querer ser como os outros e daí você se torna uma pessoa de mente fechada? Infelizmente, nós fomos rotulados como uma dessas hair bands horríveis, com as quais realmente não gostávamos de sermos associados de maneira alguma Então quando o Nirvana apareceu, foi como, “Sim, vai nos foder um pouco,” mas também era música muito boa.

SEBASTIAN BACH, do Skid Row:

Era um grande disco e o primeiro álbum ‘alternativo’ a fazer enorme sucesso – o que provavelmente é o que Kurt Cobain nunca queria que tivesse acontecido. O disco ainda soa incrível 20 anos depois, e Dave Grohl continua a mandar bem como nunca – que compositor, frontman, vocalista e guitarrista fabuloso. E aquele disco me lembra de que ele também é um dos melhores bateristas de todos os tempos. O cara sabe fazer tudo. ’

SAMMY HAGAR, do Van Halen:

Eu gostava do lance de se vestir de maneira simples. Eu já estava farto de gliter-rock. Bermudas, camisetas regata, chinelos, era o meu estilo. Eu não queria mais me vestir e fingir que eu era um astro do rock. E esses caras estavam fazendo isso e não só se saindo bem, mas também mudando a maneira da qual todo mundo se vestia.

TRACII GUNS do L.A. Guns:

O pop metal na época estava ficando tão raso e diluído. O Nirvana lembrou as pessoas como o rock com culhões deve ser. Eu ganhei uma cópia de Nevermind de um amigo alguns meses antes dele ser lançado – não me cativou de cara, mas depois de uma semana, eu estava completamente viciado. A [revista inglesa] Kerrang! publicou uma foto minha usando uma camiseta do Nirvana no palco com uma legenda dizendo algo como “Uh oh, essa é a nova moda?”. Eu realmente não me importo com o que meus colegas do hair-metal pensavam ou pensam.

STF: derruba obrigatoriedade de carteira profissional para músicos

Assim como os jornalistas, os músicos podem exercer a profissão livremente sem ter registro ou licença da entidade representativa da categoria, a Ordem dos Músicos do Brasil (OMB). "A música é uma arte, é algo sublime, próximo da divindade. Tem-se talento para a música ou não se tem", afirmou a relatora do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie. Ela fez questão de revelar que não tem dom para a música, mas que aprecia a arte.

Em 2009, o STF concluiu que era inconstitucional exigir diploma para a prática do jornalismo. A decisão sobre os jornalistas foi citada no julgamento de hoje, dos músicos. Segundo Ellen Gracie, qualquer restrição ao exercício de uma atividade só se justifica se houver interesse público, como ocorre em profissões como médico, engenheiro e advogado.

O STF chegou a essa conclusão ao julgar e rejeitar um recurso do Conselho Regional da OMB em Santa Catarina contra decisão da Justiça do Trabalho que já tinha entendido que a atividade de músico é livre e não depende de registro ou licença. A decisão do STF foi baseada em dispositivo da Constituição Federal que garante a livre expressão da atividade intelectual e artística.

O tribunal deverá se pronunciar mais detalhadamente sobre a atividade de músico ao julgar uma ação movida pela Procuradoria Geral da República que questiona lei de 1960 que regulamentou a profissão de músico. De acordo com a procuradoria, as regras estabelecidas pela lei são flagrantemente incompatíveis com a liberdade de expressão e com a liberdade profissional.

Metallica: Lançando jogo Monopoly

Um dos jogos de tabuleiro mais populares do mundo, o Monopoly (Banco Imobiliário), ganhou uma versão personalizada para comemorar a história e a música dos gigantes do heavy metal, o METALLICA. O jogo já está disponível na loja virtual oficial da banda.
Descrição do Jogo: Esta edição especial do jogo de tabuleiro personalizado, homenageia uma mairoes bandas de Heavy Metal da história. A descrição do jogo promete, cada aspecto do jogo foi desenhado especialmente para um verdadeiro fã do Metallica. Ao jogar, você irá avançar as casas onde cada parte conta um pouco da história da banda. Ao redor do tabuleiro pode-se observar locais históricos, como casas de shows que a banda tocou, festivais, estúdios, casas de infância, etc.
As peças do jogo são baseadas em imagens das artes de álbuns de toda a carreira do Metallica, incluindo o martelo de Kill Em All, a balança de And Justice For All, o punho de St. Anger, a cobra do Black Album e uma estrela ninja.
O video tem 10 minutos de duração, e pode ser conferido abaixo:

U2: Turnê 360° é a mais lucrativa da história

O U2 encerrou a 360º Tour no último sábado (dia 30), em Moncton, no Canadá. Segundo levantamento da revista Billboard, a turnê foi considerada a maior e mais lucrativa de todos os tempos, faturando cerca de US$ 736 milhões (o equivalente a R$ 1,2 bilhão) e levou mais de 7 milhões de pessoas fãs aos estádios no mundo inteiro.

Ao todo, foram 30 países em quatro continentes. Durante os shows no Brasil, o faturamento da turnê superou o recorde da A Bigger Bang dos Rolling Stones, que aconteceu entre 2005 e 2007.

A turnê teve 110 apresentações e começou no dia 30 de junho de 2009, em Barcelona, na Espanha. Três palcos com estruturas que se assemelham a uma garra foram desenhados e montados especialmente para a excursão. Com o fim da turnê, a estrutura deve ser vendida; estima-se que o palco custou US$ 31 milhões, o equivalente a R$ 49 milhões.

Kings of Leon: Após problemas com vocalista, Kings of Leon cancelam turnê

A banda de rock americana Kings of Leon decidiu cancelar sua turnê pelos Estados Unidos nesta segunda-feira (01) após o fiasco do show em Dallas, no Texas, na sexta-feira (29). No show, o cantor e líder do grupo, Caleb Followill, saiu do palco reclamando de muito calor.

Os roqueiros explicaram o incidente por meio de um comunicado enviado pelo empresário da banda.

- Caleb Followill sofreu com o calor e teve desidratação durante o show (de sexta-feira) em Dallas, que afetou suas cordas vocais.

Sem fugir da polêmica de que algo não estava bem nos bastidores, Jared Followill, irmão de Caleb e baixista do grupo responsável por canções como California Waiting - um dos primeiros sucessos no circuito independente -, pronunciou-se em sua conta no Twitter.

- Eu sei que vocês não são burros. Não posso mentir. Há problemas em nossa banda que são maiores do que não ter Gatorade suficiente.

Saída polêmica

Antes de terminar a apresentação de sexta-feira (29) em Dallas, Caleb Followill deixou de cantar alegando mal-estar.

- Vou sair do palco e vomitar, vou tomar uma cerveja e depois volto para cantar outras três músicas.

O cantor e guitarrista de 29 anos ainda reclamou o calor que chegava a 40 graus.

- Que fique claro que não estou bêbado, só estou com calor e estou prestes a desmaiar por causa desse maldito calor.

Mas Caleb não voltou e seus irmãos, e companheiros de banda, se desculparam em seu nome frente às vaias do público.

Coube a Jared dar explicações aos fãs no meio do show.

- Realmente, não é nossa culpa, é do Caleb. Não consegue fazer o resto do show, voltaremos quando pudermos.

Mais tarde, os irmãos de Caleb evocaram nas redes sociais problemas internos na banda de rock garage formada em 1999, vencedora de um prêmio Grammy em 2008 pelo álbum Sex on Fire e dois em 2009 por Use Somebody.

O baterista e irmão mais velho, Nathan, 32 anos, também se manifestou no Twitter.

- Hoje não é um bom dia. Envergonhado e descontente com o fiasco da noite. Não posso parar de me desculpar, estou totalmente desconsolado. Milhões de desculpas.

Alice Cooper: Novo disco sai em outubro, conheça capa e detalhes

De acordo com o site da Gibson, o novo álbum de inéditas de Alice Cooper será lançado em dois momentos diferentes. 'Welcome 2 My Nightmare' – uma espécie de continuação do clássico 'Welcome to My Nightmare' (1975) – poderá ser encontrado em um pacote especial e exclusivo para os fãs em setembro e, em outubro, ganhará as lojas do mundo.

"O álbum original foi o meu primeiro disco-solo, depois de tantos registros de grande sucesso com a minha primeira banda", disse o cantor em um comunicado. "Este aqui [o novo CD] pôde ser um pouco mais aberto", completou, referindo-se a não ter a mesma pressão da época e poder explorar estilos variados (disco music, garage punk, baladas pop).

'Welcome 2 My Nightmare' foi produzido pelo mesmo Bob Ezrin do trabalho de 1975. "Bob e eu criamos esse personagem [Alice Cooper], e nós sabemos como compor para ele. Sou eu quem o interpreta, mas não estamos compondo para mim. Compusemos para Alice. Deixamos o primeiro 'Nightmare' bem pessoal para nós. Mas, neste novo, colocamos certo humor e estávamos mais abertos".

As faixas foram gravadas por nomes como Dennis Dunaway (baixo), Michael Bruce (guitarra) e Neal Smith (bateria), membros da primeira banda de Cooper.

Metallica: ingressos a US$6 em comemorações de 30 anos

O METALLICA  completa 30 anos este ano e o aniversário será celebrado com quatro shows especialíssimos no lendário Fillmore de São Francisco, nos dias 5, 7, 9 e 10 de dezembro. Os shows terão convidados especiais, músicas raras, sets variados e mais surpresas. Melhor ainda, segundo o site da banda, os fãs poderão comprar pacotes com os quatro ingressos para os shows e eventos surpresa, por apenas US$19.81. Já os ingressos individuais serão vendidos pelo valor que eram vendidos nos anos 80, US$6 cada.

A venda, claro, será prioritária para membros do Fan Club oficial. A inscrição custa US$45... Aaaaaaah! Ainda assim, 4 ingressos para shows especiais por menos de 70 dólares parece uma pechincha, não? :-)

Para mais informações sobre os shows e sobre o aniversário da banda, visite o site abaixo.
http://www.metallica.com/

OMB: STF decide que músico não precisa mais de registro

A Foto de uma Criança Feliz, Traduz a Felicidade de Todos os Musicos Pela Nova LEI.
Por unanimidade, o STF (Supremo Tribunal Federal) estabeleceu nessa segunda-feira (1º) que o músico não precisa mais do registro na Ordem de Músicos do Brasil (OMB) para exercer sua profissão. Os ministros julgaram o caso de um artista de Santa Catarina que foi à Justiça ao alegar que, em seu estado, ele só poderia atuar profissionalmente se vinculado à entidade de classe.

Em diversos locais do Brasil, os músicos são obrigados a apresentar documento profissional— a “carteirinha de músico”—para poder se apresentar ao vivo. Embora a decisão valha apenas para o caso específico, ficou definido que os ministros poderão decidir sozinhos pedidos semelhantes. Ou seja, se o registro continuar a ser cobrado, será revertido quando chegar ao tribunal.

Mötley Crüe: videos de Nikki Sixx pulando em cima de fã

Segundo o The Day Tripper, o baixista do MÖTLEY CRÜE, Nikki Sixx, saltou para o público, em direção a um fã que estava filmando a banda, neste último sábado, dia 30 de julho de 2011, em uma apresentação na Outlaw Jam em Frederick Fairgrounds em Frederick, Maryland - USA. O fã estava aparentemente filmando o show com uma câmera profissional, o que irritou Nikki.

O Mötley Crüe parou o show, enquanto os segurança puxavam Sixx de volta para o palco. Eles também pegaram a câmera das mãos de seu proprietário.

Um fã que assistiu ao show, Eric Seebach de Frederick, disse ao FrederickNewsPost.com o que conseguiu ver do que estava acontecendo. "Nós vimos o segurança puxando Sixx por seus braços", disse Seebach. "Eles correu de volta para o palco com a câmera."

Alguns videos gravados por outros fãs próximos podem ser vistos abaixo.

O momento do pulo:


Nikki sendo puxado de volta para o palco:


O Mötley Crüe tocando antes do ocorrido:

Sepultura: videos da festa de lançamento de "Kairos"

O programa Stay Heavy exibiu uma matéira especial sobre o lançamento do novo álbum do SEPULTURA, "Kairos". A matéria ainda conta com entrevistas exclusivas com Paulo Jr., Derrick Green e Monika Cavalera, em uma matéria realizada pelo "repórter do Stay Heavy por um dia", Marcello Pompeu (Korzus)!



DevilDriver: "Paul Stanley que se foda", diz Dez Fafara

DEZ FAFARA do DEVILDRIVER recentemente compartilhou sua experiência com Paul Stanley, do Kiss, como uma resposta a um fã que perguntou se Dez poderia dar uma ouvida na banda do tal.

“Eis porque eu nunca dou ‘Minha Opinião’ sobre bandas sem contrato com gravadoras”, começa Dez. “Um dia, no trabalho antes de eu jamais ter um contrato, Paul Stanley entrou – SIM, do Kiss e eu disse a ele que eu estava numa banda chamada COAL CHAMBER e que estávamos prestes a assinar com a «gravadora» Roadrunner Records.”

De acordo com Dez, Stanley disse a ele para “Ficar naquele emprego”, e que “NINGUÉM nunca faz sucesso – somente em raros casos. Dois dias depois eu assinei com a RR e nunca me arrependi! Então não, eu não vou lhe dar minha opinião sobre seu lance, mas direi o seguinte: ‘Acredite em você mesmo’, ignore TODO MUNDO que disser que ‘Você NÃO PODE, não vai ou não deveria ser músico, e siga seu SONHO!”

“Apenas tenha cuidado com o que você DESEJA! E, ah sim, eu vou dizer aqui e nós acabamos de tocar com o KISS seis dias atrás: FODA-SE O PAUL, “Dez acrescenta. “Só o que interessa é meu ídolo GENE; GENE a máquina do DEMÕNIO! Ensaie, toque, durma em qualquer sofá – faça qualquer coisa e todas as coisas para que sua música veja a luz do dia.”

O DEVILDRIVER toca em São Paulo no dia 13 de agosto próximo.

Mr. Big: video de cover para "Smoke On The Water"

Um vídeo gravado por um fã, mostra o MR. BIG executando uma versão cover do DEEP PURPLE, para o clássico "Smoke On The Water", no dia 31 de julho de 2011 no Canyon Club em Agoura Hills, Califórnia. A faixa foi tocada durante o segundo bis do Mr. Big, que foi a atração principal do dia, onde os membros da banda trocaram de instrumentos, tendo o guitarrista Paul Gilbert na bateria, o vocalista Eric Martin na guitarra, o baterista Pat Torpey no baixo e o baixista Billy Sheehan nos vocais.



O novo álbum do Mr. Big, "What If ...", foi lançado na Europa no dia 21 de janeiro via Frontiers Records. O lançamento norte-americano, também pela Frontiers Records, aconteceu no dia 8 de fevereiro.

"What If…", marca o retorno da formação original do Mr. Big, sendo os quatro membros originais, Eric Martin, Paul Gilbert, Billy Sheehan e Pat Torpey, que voltaram no início de 2009. Dezesseis anos após o lançamento de "Hey Man", o novo registro define a volta do Mr. Big no alge do rock atual. O CD foi produzido por Kevin Shirley (AEROSMITH, RUSH, IRON MAIDEN).

As melhores músicas com mais de sete minutos

Os editores e leitores da revista Rolling Stone elegeram em 2007 as cinquenta melhores músicas do rock com mais de sete minutos de duração. Entre outros listados, Beatles, Black Sabbath, Metallica e Guns N´Roses.

A lista foi publicada em ordem alfabética pelo nome do artista/banda e não por ordem de importância.

In Memory of Elizabeth Reed - The Allman Brothers Band
Bela Lugosi's Dead - Bauhaus
B-Boy Bouillabaisse - The Beastie Boys
Hey Jude - The Beatles
War Pigs/Luke's Wall - Black Sabbath
Tender - Blur
Bel Air - Can
Pictures of You - The Cure
Station to Station - David Bowie
Layla - Derek & the Dominoes
The End - The Doors
Sad-Eyed Lady of the Lowlands - Bob Dylan
Maggot Brain - Funkadelic
The Message - Grandmaster Flash
Jesus of Suburbia - Green Day
Estranged - Guns N' Roses
Isn't It a Pity? - George Harrison
In-A-Gadda-Da-Vida - Iron Butterfly
Three Days - Jane's Addiction
Scenes from an Italian Restaurant - Billy Joel
Funeral for a Friend - Elton John
In the Court of the Crimson King - King Crimson
All My Friends - LCD Soundsystem
When the Levee Breaks - Led Zeppelin
Free Bird - Lynyrd Skynyrd
Autobahn - Kraftwerk
One - Metallica
Chloe Dancer/Crown of Thorns - Mother Love Bone
Oh, Comely - Neutral Milk Hotel
Blue Monday - New Order
We're In This Together - Nine Inch Nails
Champagne Supernova - Oasis
Sheep - Pink Floyd
Purple Rain - Prince
Can't You Hear Me Knockin' - The Rolling Stones
Svefn-g-englar - Sigur Ros
The Sprawl - Sonic Youth
Jungleland - Bruce Springsteen
I Am the Resurrection - Stone Roses
Frankie Teardrop - Suicide
Marquee Moon - Television
What Goes Around Comes Around - Justin Timberlake
Heroin - Velvet Underground
Only in Dreams - Weezer
Ball & Biscuit - The White Stripes
Won't Get Fooled Again - The Who
Spiders (Kidsmoke) - Wilco
Starship Trooper - Yes
Cortez the Killer - Neil Young
Willie the Pimp - Frank Zappa

Nikki Sixx: Tretando com Schwarzenegger por causa dos gays

O baixista e fundador do MÖTLEY CRÜE, NIKKI SIXX, voltou a atacar o ex-governador da Califórnia ARNOLD SCHWARZENEGGER via Twitter.

Depois de criticar os episódios de infidelidade conjugal do ator e político austríaco, Sixx agora resolveu criticar a postura de Schwarzenegger diante do impasse político que é a aprovação ou não do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo no estado da Califórnia, e que atualmente se encontra numa brecha constitucional.

Em sua conta no Twitter, Nikki mandou:

É incrível como o ex-governador Arnold Schwarzenegger e o governador Jerry Brown tiveram culhões do tamanho dos de um esquilo... cuzões. http://huff.to/qVe3VR Faça-nos orgulhosos. TUDO GIRA EM TORNO DO “AMOR”

Sirenia: ingressos para único show em SP à venda



A produtora Dark Dimensions informa que já estão à venda os ingressos para a apresentação da banda norueguesa Sirenia, um dos principais nomes do Gothic Metal Mundial, em São Paulo. O show que acontece no próximo dia 29 de outubro, no Blackmore Rock Bar, marca o reencontro do grupo com os fãs brasileiros. A última passagem aconteceu em Março do ano passado.
O grupo está em plena turnê de divulgação do novo disco "The Enigma of Life" lançado pela gravadora Nuclear Blast Records.

Os ingressos já estão disponíveis na loja virtual da produtora em http://darkdimensions.webstorelw.com.br  e na loja Profecias (Galeria do Rock) Os preços variam de R$ 60,00 (1°lote), R$ 80,00 (2°lote) e R$ 100,00 (na porta).

O Sirenia tem uma sonoridade peculiar, misturando Gothic Metal, Rock com influências clássicas e alguns elementos do metal extremo. As músicas são muito intensas e a atmosfera muda com freqüência. As letras são baseadas em reflexões sobre vida, morte, amor, ódio, paranóia, ansiedade e declínio mental em geral.

Links relacionados:
http://www.sirenia.no
http://www.facebook.com/sirenia
http://www.twitter.com/sireniaofficial
http://www.youtube.com/user/SireniaOfficial
http://www.myspace.com/sirenia

Serviço São Paulo
Data: 29/10/2011
Local: Blackmore Rock Bar
Endereço: Al dos Maracatins, 1317 - Moema
Hora: 20h (abertura da casa às 18h)
Ingressos: 1°lote: R$ 60,00 | 2°lote: R$ 80,00 | Na porta: R$ 100,00 (Preços para Ingressos Promocionais antecipados e Estudantes)

Trivium: entrevista com baixista (em inglês)

O ‘Musician Photo Journal” conduziu uma entrevista com Paolo Gregoletto, baixista da banda TRIVIUM, antes do concerto no Northern Lights em Clifton Park, New York, no dia 26 de julho. Você pode assistir a conversa abaixo.



O novo álbum do TRIVIUM, intitulado “No Waves”, será lançado no dia 09 de agosto pela Roadrunner Records. O último álbum da banda, “Shogun” (2008), foi gravado principalmente no Paint It Studios Negra em Orlando, Florida (sendo apenas a bateria gravada no Audiohammer Studios em Sanford, Florida) com a equipe de produção/mixagem de Coling Richardson (Machine Head, BULLET FOR MY VALENTINE, SLIPKNOT, FEAR FACTORY) e Martin Ford, juntamente com o engenheiro Carl Bown.

Uma edição de dois discos especais também estarão disponíveis. Ele apresenta cinco faixas bônus, além de um DVD com 40 minutos, o documentário por trás das cenas, bem como um concerto exclusivo filmado em um armazém, locado em Orlando, Flórida, que é base da banda. Este concerto apresenta as primeiras performances das faixas de “No Waves”, além é claro os clássicos da banda.

TRIVIUM está passando o verão em sua segunda rodada no Rockstar Energy Drink Mayhem Festival. A banda vai deixar o Mayhem Festival por alguns dias para fazer 2 shows muito especiais - sexta-feira, 5 de agosto no palco principal do lendário festival Wacken Open Air, e sábado, 6 de agosto, como convidado especial do IRON MAIDEN na Arena O2, em Londres.

Guns N' Roses: Bumblefoot fará show no México em agosto

RON 'BUMBLEFOOT' THAL será um dos convidados especiais da cantora POC no lançamento de seu novo CD no dia 05 de agosto às 21:00 horas, na Cidade Do México.

O show acontecerá no Bulldog Cafe, conhecido como o melhor bar rock da cidade.

Dream Theater: Trivium abrirá alguns shows da turnê

Conforme já publicamos, DREAM THEATER, o gigante do metal progressivo, lançará seu novo álbum, “A Dramatic Turn Of Events”, no dia 13 de setembro pela Roadrunner Records.

O grupo também está planejando embarcar em uma grande turnê mundial, onde eles vão tocar “pedaços” de “A Dramatic Turn of Events”, além dos clássicos preferidos pelos fãs. A banda TRIVIUM aparecerá em muitas datas, anunciando seu novo álbum, “No Waves”.

“Estamos todos muito empolgados com o lançamento do “A Dramatic Turn of Events” em setembro, tal como a turnê mundial que vai embarcar em apoio ao álbum”, diz Petrucci. “Nosso primeiro passo é ir à América do Norte onde vamos mostrar músicas do novo álbum, juntamente com toneladas das favoritas dos fãs e uma nova produção de turnê, diferente de qualquer outro que fizemos antes. Estamos igualmente animados para ter nossos amigos do TRIVIUM  para se juntar a nós. Com certeza será um momento incrível. Estamos ansiosos para ver todos os nossos amigos na estrada neste outono!”

Abaixo você confere as datas já confirmadas, e mais datas serão anunciadas em breve:

24 de Setembro - San Francisco, CA - The Warfield
25 de Setembro - Los Angeles, CA - Nokia Theater
27 de Setembro - Seattle, WA - Showbox SODO
28 de Setembro - Vancouver, BC - Queen Elizabeth Theatre
03 de Outubro - Royal Oak, MI - Royal Oak Music Theatre (Sem o TRIVIUM)
04 de Outubro - Pittsburgh, PA - Trib Total Media Amphitheatre
06 de Outubro - Toronto, ON - Massey Hall
07 de Outubro - Montreal, QC - Place des Arts
08 de Outubro - Quebec City, QC - Pavilion de la Jeunesse
10 de Outubro - Boston, MA - Orpheum Theatre
11 de Outubro - Morristown, NJ - Mayo Performing Arts Center
12 de Outubro - New York, NY - Beacon Theatre
22 de Outubro - Clearwater, FL - Ruth Eckerd Hall (Sem o TRIVIUM)
25 de Outubro - Houston, TX - Verizon Wireless Theater
26 de Outubro - Austin, TX - Bass Concert Hall